quinta, 10 de outubro de 2019 - 18:57h - 327
POLÍCIA CIVIL E POLITEC FAZEM REPRODUÇÃO SIMULADA DE CRIME DE HOMICÍDIO COMETIDO POR AGENTE PENITENCIÁRIO EM MACAPÁ
Por: Assessoria de Comunicação
Foto: Polícia Civil

Na manhã desta quinta-feira, 10, a Polícia Civil do Amapá, através da Delegacia de Homicídios, num trabalho em conjunto com a Polícia Técnico-Científica do Amapá, realizou a reconstituição do homicídio de Marcelo Brito da Silva, ocorrido no dia 23 de dezembro de 2018, em frente ao estacionamento do Parque do Forte (Lugar Bonito), em Macapá; com o objetivo de esclarecer quaisquer dúvidas quanto ao crime, observando-se as versões de testemunhas e do autor, os quais estiveram presentes.

De acordo com o Delegado Wellington Ferraz, na época do crime, o agente penitenciário Anderson Luiz Dias da Silva foi preso temporariamente, confessou ter efetuado os disparos e apresentou a arma utilizada. Anderson alegou que não teve a intenção de atingir a vítima, pois deu um disparo pra baixo e, acidentalmente, atingiu a vítima.

Ao longo das investigações, através de testemunhas, ficou evidenciado que o autor e a vítima tiveram uma discussão no trânsito e, em seguida, Anderson estacionou o carro, se aproximou da vítima, sacou a arma de fogo e efetuou os disparos, atingindo assim, o abdômen de Marcelo. A vítima foi socorrida, mas não resistiu e faleceu.

A reprodução simulada aconteceu através de determinação judicial, após ser solicitada pela defesa do autor. O laudo da reconstituição do crime será concluído pelos peritos e encaminhado à justiça.

IMAGENS RELACIONADAS
NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

POLÍCIA CIVIL - Polícia Civil do Estado do Amapá
Av. Fab, nº 84 - Centro - Cep: 68900-000, Macapá - AP - (96) 2101-2800 - contato@policiacivil.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2019 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá