Início Delegacia Geral ASCOM

Polícia Civil deflagra a Operação "Distrito Seguro" na Fazendinha

E-mail Imprimir PDF
201704111A Policia Civil do Estado do Amapá, por meio da 10DP (Delegacia da Fazendinha), e com apoio de diversas Delegacias Especializadas e da Capital, deflagrou, na manhã de hoje, a Operação "Distrito Seguro", a qual tem por objetivo dar cumprimento a 27 Mandados Judiciais, no Distrito da Fazendinha e bairros lindeiros,  sendo 15 de prisão preventiva, 6 conduções coercitivas e 6 buscas e apreensões, todos pertinentes ao Inquérito Policial de n. 063/2016 - 10 DP, instaurado em setembro do ano passado, para apurar o crime de Organização Criminosa, tráfico de drogas e associação ao tráfico.
Segundo dados já constatados no aludido IP, os investigados estariam estruturalmente organizados e concorrendo para uma série crimes graves e violentos, todos sistematicamente coordenados para fortalecer a entidade delitiva e, sobretudo, incrementar a mercancia de drogas no Distrito, para tanto teriam estabelecido atividade miliciana naquela localidade, a qual contava, ainda, com a participação de adolescentes e presos do iapen. Além do referido Inquérito, também fora instaurado outros seis inquéritos que apuram crimes hediondos da agregação ilícita.  
O delegado que preside as investigações, NIXON KENEDY, esclareceu que há elementos de persuasão que concluem pela participação de mais de 20 integrantes da Organização criminosa, e que a entidade cumpria rituais peculiares depois de suas práticas criminosa, como soltar fogos de artifício para festejar suas mortes, esclarecendo, também, que poderá haver outros desdobramentos, a depender da conclusão das atividades persecutórias.

Respondeu ainda que embora tenha sido instaurado vários Inquéritos, certamente haverá a  necessidade de novos procedimentos apuratórios, dado a quantidade de provas arrecadadas.

 

Notícias em destaques

No dia 26 de julho do corrente ano, o Departamento de Policia do Interior prendeu em flagrante delito no município de Tartarugalzinho três indivíduos pela prática do crime de furto de gado. Por ocasião da prisão foram apreendidas 48 (quarenta e oito) reses de bubalinos que foram furtadas de fazendas da região.

O Delegado Sandro Torrinha que preside as investigações autuou ainda os infratores pelo crime de associação criminosa, vez que conseguiu provas nos autos de Inquérito que os indivíduos estavam consorciados para prática reiterada de furtos de búfalos na região, inclusive a associação criminosa era chefiada pelo pai dos demais membros.

Leia mais...

Enquete

Qual o curso que você, policial, entende ser nescessário para aprimoramento profissional?