Início Delegacia Geral ASCOM

Equipe do SINESP inicia a implantação do PPE

E-mail Imprimir PDF

201702132Equipe do Sinesp (Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais e Sobre Drogas) iniciou o processo de implantação na Polícia Civil do Amapá do PPE (Procedimento de Polícia Judiciária Eletrônico), que é o Boletim de Ocorrência Eletrônico do Ministério da Justiça, que visa a integração dos sistemas de segurança pública.

201702131201702133O Sinesp é uma ferramenta de informações integradas que tem como principal objetivo subsidiar a realização de diagnósticos sobre criminalidade, a formulação e avaliação de políticas públicas e promoverá a integração nacional de informações

A equipe TI, juntamente com outros policiais começaram a ser treinados a operar o sistema, que serão multiplicadores nas delegacias de Polícia Civil. Nessa fase de treinamento e implantação do sistema, foi escolhida a Delegacia de Crimes Contra a Mulher (DCCM) como piloto para a implantação.

Na oportunidade da Delegada Geral de Polícia Civil do Amapá assinou o termo de adesão ao SINESP e a Matriz de responsabilidades, que regulamenta toda a implantação do sistema no Estado.

O Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais e sobre Drogas – SINESP, instituído por meio da Lei nº 12.681, de 4 de Julho de 2012, tem finalidade de armazenar, tratar e integrar dados e informações para auxiliar na formulação, implementação, execução,acompanhamento e avaliação das políticas relacionadas:

 

I – segurança pública;

 

II – sistema prisional e execução penal; e

 

III – enfrentamento do tráfico de crack e outras drogas ilícitas.

 

Dentre as soluções de sistemas de informação desenvolvidos para o Sinesp, destaca-se o Sistema de Procedimentos Policiais Eletrônicos – PPe, desenvolvido com o objetivo de subsidiar uma gestão mais eficiente dos recursos físicos e materiais disponíveis à segurança pública, auxiliando na identificação dos fenômenos criminais, pautados em dados e informações registradas pelas Polícias estaduais, tendo como principais indicadores os perfis das vítimas / autores / infratores e os objetos envolvidos nas ocorrências.


 

Notícias em destaques

O Departamento de Policia do Interior, por intermédio da Delegacia de Porto Grande, sob o comando do Delegado Julio Cesar, deu cumprimento no final da tarde de ontem a Mandado de Busca e Apreensão Domiciliar. Por ocasião das diligencias, foram presas duas pessoas por estarem na posse de 50 (cinqüenta) porções de maconha, 04 (quatro) porções grandes de crack, 02 (duas) balanças de precisão que eram usadas na pesagem da droga, além de 01 (uma) arma de fogo, tipo garrucha e 04 (quatro) munições.

Leia mais...

Enquete

Qual o curso que você, policial, entende ser nescessário para aprimoramento profissional?