Início Delegacia Geral ASCOM

Homem acusado de roubo na escola estadual Cecília Pinto é preso pela Polícia Civil

E-mail Imprimir PDF

20161116 2A Polícia Civil prendeu nesta sexta-fera, 11, Regivan Nunes Blanc, de 20 anos, acusado de participar de roubo na Escola Estadual Cecília Pinto, no dia 2 de agosto, no bairro do Buritizal, Zona Sul de Macapá. Ele estava com prisão preventiva decretada pela justiça e foi capturado na Avenida dos Goitacazes, no Bairro Buritizal.

O acusado foi preso por uma equipe da Delegacia Especializada de Tóxicos e Entorpecentes(DTE) e apresentado no Núcleo de Operações e Inteligência (NOI) da Polícia Civil, onde foi ouvido pelo delegado Alan Moutinho. Durante o depoimento, ele admitiu ter participado do roubo na instituição e teve ajuda de mais duas pessoas. 

Regivan Nunes já tem passagem pela Delegacia Especializada na Investigação de Atos Inflacionais (DEIAI) por roubo, quando era menor de idade.

O delegado Leandro Moisés, da Delegacia do Departamento de Polícia do Interior (Depol/DPI), disse que alguns aparelhos celulares foram recuperados e devolvidos às vitimas. Além da prisão de Regivan, outros casos de furtos e roubos em escolas estaduais do Amapá estão sendo investigados.

A ação dos bandidos na escola aconteceu no dia 2 de agosto, por volta das 15 horas. Três homens que estariam portando arma de fogo, pularam o muro da Escola Estadual Cecília Pinto e renderam professores e alunos. O bando fugiu do local, levando celulares e notebooks das vitimas.

 

Notícias em destaques

Na última quarta-feira (13), policiais civis participaram de um torneio de tiro no stand da Academia Integrada de Formação. Foram 71 competidores, entre agentes, oficiais e delegados, na disputa para saber quais têm maior habilidade no tiro de precisão com pistola .40.

Os competidores foram divididos conforme função e gênero.

Leia mais...

Enquete

Qual o curso que você, policial, entende ser nescessário para aprimoramento profissional?