Início Delegacia Geral ASCOM

Polícia investiga assassinato em Oiapoque

E-mail Imprimir PDF

20161027 3A Polícia Civil em Oiapoque investiga o assassinato de um homem morto com dois tiros de espingarda, no domingo, 23. O suspeito da morte é o caseiro onde a vítima pediu emprego. Ele se apresentou expontaneamente na delegacia e alegou legítima defesa para o crime.

20161027 2Segundo as investigações, a vítima, identificada como Francisco Viana, estava jurada de morte no bairro Infraero, em Oiapoque, em função de crimes que teria praticado na cidade. Ele teria pedido abrigo e trabalho em uma propriedade rural, às proximidades da sede do município. O caseiro da propriedade, Raimundo Nonato Gomes, popularmente conhecido como "louro", é o principal suspeito.

O delegado Charles Corrêa, que investiga o caso, esteve no local do crime e acompanhou a remoção do corpo. “O acusado se apresentou espontaneamente na delegacia e prestou esclarecimentos. Foi ouvido e contou sua versão. Alegou que agiu em legítima defesa. Fizemos uma reprodução simulada com ele no local do ocorrido e nos pareceu convincente, mas vamos ser cautelosos e continuar investigando para saber se essa tese se confirma”, disse o delegado.

Ainda segundo Charles, Raimundo disse que matou o homem porque o mesmo teria furtado uma espingarda calibre 20 e uma quantia de dinheiro no dia anterior do crime. Após o homicídio, o caseiro se escondeu na mata, mas se apresentou na delegacia no dia seguinte. Ele responderá em liberdade.

 

Notícias em destaques

Na última quarta-feira (13), policiais civis participaram de um torneio de tiro no stand da Academia Integrada de Formação. Foram 71 competidores, entre agentes, oficiais e delegados, na disputa para saber quais têm maior habilidade no tiro de precisão com pistola .40.

Os competidores foram divididos conforme função e gênero.

Leia mais...

Enquete

Qual o curso que você, policial, entende ser nescessário para aprimoramento profissional?