Início Delegacia Geral ASCOM

Polícia Civil investiga tentativas de abastecimento irregular na Central do Governo

E-mail Imprimir PDF

A Polícia Civil investiga tentativas frustradas de abastecimento irregular na Unidade de Abastecimento do Governo do Estado do Amapá, por motoristas em veículos particulares, não cadastrados no sistema da central, com adesivos de candidatos e com tickets supostamente furtados. As investidas ocorreram nos dias 13 e 14 de outubro, entretanto, por não atenderem às exigências de controle interno, nenhum dos veículos foi abastecido.

Ao identificar que se tratava de veículos não oficiais e adesivados com visualização eleitoral, a placa do primeiro veículo foi anotada e repassada para a Polícia Civil, o suspeito já foi identificado e conduzido para prestar esclarecimentos. Já o segundo envolvido, se evadiu do local antes da chegada da polícia, que investiga se os casos estão relacionados e ainda como os tickets foram parar em mãos de terceiros. 

A Secretaria de Estado da Administração (Sead), responsável pela Central de Abastecimento, ratificou que só abastece carros oficiais e que tem um rigoroso controle de distribuição de combustível, que inclui a identificação no ticket dos veículos autorizados, a quilometragem, a quantidade de litros e a assinatura do chefe de transportes do órgão correspondente. "Além disso, em hipótese alguma, carros com adesivos de campanha política são abastecidos", destacou Suelem Amoras, secretária da Administração.

 

Notícias em destaques

No dia 26 de julho do corrente ano, o Departamento de Policia do Interior prendeu em flagrante delito no município de Tartarugalzinho três indivíduos pela prática do crime de furto de gado. Por ocasião da prisão foram apreendidas 48 (quarenta e oito) reses de bubalinos que foram furtadas de fazendas da região.

O Delegado Sandro Torrinha que preside as investigações autuou ainda os infratores pelo crime de associação criminosa, vez que conseguiu provas nos autos de Inquérito que os indivíduos estavam consorciados para prática reiterada de furtos de búfalos na região, inclusive a associação criminosa era chefiada pelo pai dos demais membros.

Leia mais...

Enquete

Qual o curso que você, policial, entende ser nescessário para aprimoramento profissional?