Início Delegacia Geral ASCOM

Mineração clandestina é alvo de operações na fronteira entre Amapá e Guiana Francesa

E-mail Imprimir PDF

20151219 6No mês de dezembro, a Polícia Civil do Amapá atuou em duas operações de combate à exploração ilegal de ouro na região de fronteira do Oiapoque. As ações, realizadas em conjunto por instituições brasileiras e francesas, têm recebido destaque na imprensa internacional e elogio de autoridades.

Em entrevista ao jornal France Guyane, o Prefeito da Guiana Francesa, Eric Spitz, declarou que as operações conjuntas na fronteira entre Amapá e Guiana Francesa apresentaram “resultados espetaculares”.

20151219 5O coordenador do Ciosp Oiapoque, delegado Fábio Araújo, explica a importância da cooperação internacional para o combate à exploração ilegal e tráfico de minério: “Os garimpos ficam na Guiana Francesa, mas a maioria dos garimpeiros é brasileira, além disso, Oiapoque é a rota por onde esse contrabando passa”.

Ao total, nas operações realizadas este mês, foram apreendidos 1,06kg de ouro e 8 pessoas foram presas pela prática de contrabando.

Para o delegado, a presença ostensiva das forças policiais na região ajuda a prevenir a prática de delitos. “Só o poder de presença do Estado, já inibe muito”, explica Araújo.

As ações conjuntas são possíveis graças a um acordo firmado entre Brasil e França no ano de 2009, o qual deu origem ao Centro de Cooperação Policial Brasil e França, fundado em 2014, com sede na Guiana Francesa. As instituições envolvidas na cooperação realizam reuniões periódicas para avaliar resultados e planejar novas ações.

Operações

20151219 3A primeira operação do mês foi realizada no dia 4, na cachoeira Grand Rochele, Rio Oiapoque. Pelo Brasil, a ação teve a participação do Exército, da Receita Federal e da Polícia Civil do Amapá; pela França, estavam presentes a polícia de fronteira, a aduana e a guarda francesa.

A equipe da Polícia Civil foi composta de policiais lotados no Ciosp Oiapoque, liderados pelo delegado Charles Correa.

Na ação, foram apreendidos 60 gramas de ouro em pó e 3 pessoas foram presas pelo crime de contrabando. Como as prisões e apreensão ocorreram do lado brasileiro da fronteira, os procedimentos ficaram a cargo da Polícia Federal do Brasil.

A segunda operação ocorreu no dia 15 de dezembro. Desta vez, policiais civis do Amapá, liderados pela delegada Waldelice Carneiro, atuaram junto à polícia de fronteira francesa. A equipe navegou pelo Rio Oiapoque em sentido ao oceano realizando abordagens a embarcações suspeitas.

20151219 720151219 4Como resultado, a ação contabilizou a apreensão de 1kg de ouro, uma embarcação e um motor de barco, além da prisão de 5 pessoas. Os procedimentos de autuação foram realizados pelas autoridades francesas, já que as prisões ocorreram daquele lado da fronteira.

 Fotos: Arquivo Ciosp Oiapoque20151219 220151219 1

 

Notícias em destaques

No dia 26 de julho do corrente ano, o Departamento de Policia do Interior prendeu em flagrante delito no município de Tartarugalzinho três indivíduos pela prática do crime de furto de gado. Por ocasião da prisão foram apreendidas 48 (quarenta e oito) reses de bubalinos que foram furtadas de fazendas da região.

O Delegado Sandro Torrinha que preside as investigações autuou ainda os infratores pelo crime de associação criminosa, vez que conseguiu provas nos autos de Inquérito que os indivíduos estavam consorciados para prática reiterada de furtos de búfalos na região, inclusive a associação criminosa era chefiada pelo pai dos demais membros.

Leia mais...

Enquete

Qual o curso que você, policial, entende ser nescessário para aprimoramento profissional?