Início Delegacia Geral ASCOM

Polícia aguarda laudo da Politec para saber se criança foi violentada

E-mail Imprimir PDF

O delegado Bernardo Carrano da Delegacia de Mazagão instaurou inquérito para descobrir o que provocou a morte de Samuel Barbosa da Silva, 3, cujo corpo foi encontrado em um poço Amazonas naquela cidade, neste domingo, 14.

De acordo com a polícia o menino foi visto nas primeiras horas da manhã, foi retirado do local e levado ao hospital, mas já estava sem vida e com suspeitas de ter sofrido violência sexual.

 “As investigações estão em andamento, e por enquanto não há suspeitas do caso, vamos aguardar laudos periciais da Polícia Técnico Cientifica (Politec) que fez coleta de material genético para saber se de fato houve abuso sexual”, disse o delegado. 

Uma guarnição da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência relatou que a criança foi encontrada por vizinhos. A mãe da vítima, Saviane Jacarandá Barbosa e o avô José Maria Torres Barbosa já prestaram depoimento à polícia, bem como os donos da casa de onde a vítima foi encontrada. Segundo o delegado nesta terça-feira, 16, outras pessoas serão ouvidas.

O poço (Amazonas) não possui bomba d’água, ou seja, a água é retirada com uso de balde amarrado em corda e a tampa estava quebrada, e é localizado ao lado da casa de onde Samuel morava.

Segundo a policia a mãe sentiu falta do filho cerca de 15 minutos antes de ser encontrado. Relatos de vizinhos contam que as crianças costumam brincar nas tampas dos reservatórios ou próximo a eles sem ter ciência do risco de acidente.

 

Notícias em destaques

Na última quarta-feira (13), policiais civis participaram de um torneio de tiro no stand da Academia Integrada de Formação. Foram 71 competidores, entre agentes, oficiais e delegados, na disputa para saber quais têm maior habilidade no tiro de precisão com pistola .40.

Os competidores foram divididos conforme função e gênero.

Leia mais...

Enquete

Qual o curso que você, policial, entende ser nescessário para aprimoramento profissional?