Início Delegacia Geral Departamento de Polícia da Capital


Diretor de escola acusado de desvio de verbas

E-mail Imprimir PDF

O diretor da Escola Alexandre Vaz Tavares e a presidente do Caixa Escolar deverão ser indiciados com base na investigação executada pelo Núcleo de Operações e Inteligência (NOI) da Polícia Civil.

Segundo o delegado Leandro Totino ambos assinavam cheques que eram descontados por parentes da presidente do Caixa, comprovação de prestação de cotas com notas fiscais frias entre outros casos apurados de irregularidades na instituição de ensino.

Os recursos oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) servem para compra de material de consumo; manutenção, conservação e reparos na unidade escolar; e pequenos investimentos em bens permanentes.

Eles estão intimados a comparecer a presença do delegado na manhã desta quinta-feira, 5 a sede do NOI que funciona no prédio da Delegacia Geral de Polícia Civil na Rua Jovino Dinoá.

 

Notícias em destaques

No dia 26 de julho do corrente ano, o Departamento de Policia do Interior prendeu em flagrante delito no município de Tartarugalzinho três indivíduos pela prática do crime de furto de gado. Por ocasião da prisão foram apreendidas 48 (quarenta e oito) reses de bubalinos que foram furtadas de fazendas da região.

O Delegado Sandro Torrinha que preside as investigações autuou ainda os infratores pelo crime de associação criminosa, vez que conseguiu provas nos autos de Inquérito que os indivíduos estavam consorciados para prática reiterada de furtos de búfalos na região, inclusive a associação criminosa era chefiada pelo pai dos demais membros.

Leia mais...

Enquete

Qual o curso que você, policial, entende ser nescessário para aprimoramento profissional?